terça-feira, 6 de agosto de 2013

Eterna confusão

Postado por Priscila Kuller Clemente às 20:46

Uma eterna confusão, essa é a definição para o meu estado de espírito atual. Parece que tudo ao meu redor está fora do lugar, as coisas, as pessoas, os planos, tudo! Será que tem jeito? Acho que todo mundo algum dia na vida já se viu assim. Nem sempre todos os nossos planos dão certo, e às vezes dá até vontade de desistir, é um pouco de medo de errar de novo com uma pitada de preguiça de correr atrás.


Às vezes me vejo impossibilitada de realizar alguma coisa (tem tantas coisas que queremos fazer né?!), tudo parece ter ficado tão difícil que mal consigo sair fora do lugar. Tantas inquietações, dúvidas e incertezas me deixam maluca. Por que tudo não pode ser mais simples, sem ter que sentir o medo de dar errado e não poder voltar atrás?

É nessas horas que sinto falta da época que brincava de bonecas...

1 comentários:

Rafa on 8 de agosto de 2015 12:14 disse...

Sei bem o que é isso :/ rs... Mas vamos sobreviver a esses dias... :*

Postar um comentário

 

Diário nada particular Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos